terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Trabalhadores Terceirizados do DF terão novos Salários em 2014






A Assembleia da Data-Base dos Trabalhadores Terceirizados do Distrito Federal (DF) aprovou por maioria no final da tarde dessa segunda-feira (23)..., o reajuste salarial de 12% para quem ganha até R$ 1.500,00 e 8% para quem ganha acima deste valor. 

Em média, o reajuste significou um aumento real nos salários dos trabalhadores em torno de 6%, o que significa um dos melhores reajustes do país em 2013.

Realizada no estacionamento do Teatro Nacional de Brasília, a Assembleia também homologou o aumento no tíquete alimentação de R$ 20,00 e que vigorará a partir de 1º de janeiro de 2014.

A Comissão de Negociação do Sindiserviços-DF assegurou na Convenção Coletiva de Trabalho todas as clausulas anteriores e a categoria conquistou seu Plano de Saúde no valor de R$ 150,00.

O Plano de Saúde isentará o trabalhador de pagar qualquer taxa extra nas consultas, exames ou internações.

Os profissionais terceirizados do DF também garantiram cinco dias no ano para acompanhar seus filhos menores de 14 anos em consultas médicas.

Após a homologação pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), a Convenção Coletiva de Trabalho estará disponível na integra no nosso site www.sindiservico.org.br

Por Imprensa Sindiserviços-DF

Para  Convenção de 2014, clique:


sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Comissão de Negociação do Sindiserviços-DF se manteve inflexível na defesa da proposta aprovada pela categoria de reajuste salarial de 23,16% e o auxilio alimentação de R$ 32,00





Data Base 2014
 
Dia 18 de dezembro (quarta-feira), a partir das 17 horas
No estacionamento do Teatro Nacional de Brasília
Ao lado da Rodoviária do Plano Piloto
 
Somente quarenta e dois dias depois de entregar a proposta do Acordo Coletivo de Trabalho das Trabalhadoras e dos Trabalhadores Terceirizados do Distrito Federal (DF), foi que finalmente os patrões se reuniram com a Comissão de Negociação do Sindiserviços-DF.
 
Para debater e deliberar sobre a proposta dos patrões, a direção do Sindiserviços-DF convoca todas e todos os trabalhadores prestadores de serviços no DF para a ASSEMBLÉIA GERAL DA DATA-BASE 2014, Dia 18 de dezembro (quarta-feira), a partir das 17 horas, no estacionamento do Teatro Nacional de Brasília - Ao lado da Rodoviária do Plano Piloto.
 
Na mesa de negociação com os patrões, a Comissão de Negociação do Sindiserviços-DF se manteve inflexível na defesa da proposta aprovada pela categoria de reajuste salarial de 23,16% e o auxilio alimentação de R$ 32,00.

A Comissão de Negociação do Sindiserviços-DF também se manteve firme diante dos patrões quanto às reivindicações das novas Cláusulas Sociais para o Acordo Coletivo de Trabalho para 2014.
 
Sua presença será fundamental, pois estaremos determinando o nosso futuro e o futuro dos nossos familiares.   
     
TODAS E TODOS À ASSEMBLEIA – UNIDOS SOMOS FORTES
oiuytr 798
´
 

Caixa lança serviço que permite consultar FGTS pela internet dos últimos 25 anos

          
São Paulo – A consulta do saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) online no site da Caixa ganhou uma nova funcionalidade. Agora é possível consultar pela internet o extrato dos lançamentos dos últimos 25 anos, ocorridos após a centralização das contas do FGTS na Caixa, ou seja, desde o início dos anos 1990. Antes, só era possível obter pela internet os últimos seis registros.
 
É aconselhável acompanhar os lançamentos feitos no FGTS pelo seu empregador, pois pode acontecer de o empregador não fazer os depósitos, deixando o trabalhador a ver navios ao se aposentar ou ser demitido sem justa causa, por exemplo. Este tipo de má conduta de alguns empregadores costuma motivar inúmeras ações trabalhistas, e o acesso facilitado ao extrato dos últimos anos pode facilitar os processos.
 
Para ter acesso à nova opção, quem trabalha com carteira assinada deve se cadastrar no serviço de consulta online ao FGTS da Caixa. Quem entrar na home do site da Caixa, precisa seguir o caminho Você>Serviços Sociais>FGTS. Quem entrar pelo site do FGTS deve clicar na opção disponível logo na home do site.
 
Na página que se abrir, será preciso informar o número do PIS/PASEP, constante na carteira de trabalho, e criar uma senha, o que pode ser feito na hora, em poucos minutos. Após aceitar o “Termo de Cadastramento”, o usuário terá apenas que informar a senha e o código de segurança para garantir seu acesso.
 
Dentro do ambiente de consulta ao FGTS, o usuário deve clicar na opção “Extrato Completo”, para ter acesso aos lançamentos dos últimos 25 anos. Ao visualizar o extrato, o usuário consegue também visualizar o saldo do fundo, o que é de grande valia para quem está pensando em comprar um imóvel pelo Sistema Financeiro da Habitação (SFH), financiando parte do montante com recursos do FGTS.
 
Há outras opções disponíveis, como atualização de endereço para receber o extrato do FGTS impresso em casa e cadastramento de e-mail para recebê-lo no endereço eletrônico.

Finalmente, há ainda a opção pelo serviço de mensagens pelo celular, em que o usuário recebe, gratuitamente, informações da conta vinculada ao FGTS por SMS, como o valor do depósito mensal feito pelo empregador, o saldo atualizado com juros e correção monetária, a liberação de saque e outras movimentações.
 
São enviadas duas mensagens por mês: uma referente ao recolhimento regular, e outra referente ao crédito de Juros e Atualização Monetária (JAM). A adesão por esse serviço dispensa o extrato mensal em papel.
 
O ambiente do site da Caixa onde se pode ver as informações sobre o FGTS é o mesmo onde o trabalhador pode verificar informações acerca de um eventual seguro-desemprego que deva receber. Qualquer trabalhador com carteira assinada pode ter acesso a esse ambiente online, mesmo que não seja cliente Caixa. Basta cadastrar a senha.

Agora veja as situações em que você pode sacar o seu FGTS.
          

(Exame Online)

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014 - Sindiserviços - DF

Notícias, finalmente!!

Rumo à Convenção Coletiva de Trabalho de 2014!!
 
 
 
 Trabalhadores Terceirizados do DF Rejeitam a Proposta dos Patrões

Numa demonstração de que os trabalhadores terceirizados do DF estão unidos e mobilizados, no inicio da noite deste dia 18, a categoria rejeitou a propostas dos patrões de reposição da inflação mais 2% o que resultaria num reajuste de 8%. 


Os mesmos 8% também foi rejeitado pela Assembleia para o reajuste do auxilio alimentação que passaria para R$ 19,50.


   

O Sindiserviços-DF chamou nova Assembleia da Data-Base 2014 para a segunda-feira 23 de dezembro, às 17 horas, no estacionamento do Teatro Nacional de Brasília, próximo a Rodoviária do Plano Piloto.


A Comissão de Negociação do Sindiserviços-DF voltará a se reunir amanhã (19) com os patrões e manterá na mesa de negociação a proposta que foi aprovada pela categoria.

 

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Terceirizados da Câmara não recebem há quatro meses encargos de rescisão

Replicando...
Como disse anteriormente, não sei se 'UniRio' ou 'UniChoro'!
Magda
 
- - -
 
Após vencer licitações em 2009 e 2011, a Unirio era responsável por 800 trabalhadores das áreas de copa, limpeza e manutenção de edifícios da Câmara, em contratos que ultrapassaram R$ 6 milhões
 
Publicação: 16/12/2013 06:10 Atualização: 16/12/2013 08:13



Empresa contratada pela Câmara desconta INSS de funcionários, mas não repassa à Previdência (Carlos Moura/CB/D.A Press - 18/4/13)


Empresa contratada pela Câmara desconta INSS de funcionários, mas não repassa à Previdência

Já se passaram quatro meses desde que a Câmara dos Deputados rompeu a ligação com uma das empresas terceirizadas que mais lhe dava trabalho: a Unirio Manutenção e Serviços. Mas a dor de cabeça persiste e já tem desdobramentos jurídicos. Enquanto os quatro contratos mantidos com o estabelecimento estavam em vigência, acumularam-se reclamações trabalhistas referentes à Unirio, o que, entre outras coisas, motivou a recusa do órgão legislativo em renová-los. Mesmo depois de outras empresas terem sido contratadas por licitação, porém, quase todos os terceirizados que atuavam na Casa contratados pela anterior dizem não terem recebido até hoje encargos referentes à rescisão do acordo. Muitos deles já fazem uma odisseia à Justiça, o que pode respingar no parlamento.Leia mais notícias em Política (hein!?)

Após vencer licitações em 2009 e 2011, a Unirio era responsável por 800 trabalhadores das áreas de copa, limpeza e manutenção de edifícios da Câmara, em contratos que ultrapassaram R$ 6 milhões. Nesse período, a empresa foi multada três vezes pelo Legislativo porque deixou de pagar os funcionários, que chegaram a cruzar os braços no ano passado. A Casa, mais de uma vez, teve que reter o repasse à firma para pagar os terceirizados diretamente. A situação foi relatada pelo Correio inúmeras vezes, como em abril deste ano, quando houve o protesto dos terceirizados. O contrato não foi renovado, mas eles não se livraram do problema.

O Correio teve acesso ao extrato emitido pelo Ministério da Previdência Social a pelo menos três terceirizados em que evidencia-se a ausência de depósito da parcela do INSS. Em um dos casos, a conta da funcionária ficou ao todo um ano e meio vazia. “Mas no meu contracheque constava o desconto certinho”, relata a trabalhadora que preferiu não se identificar. “O atendente da Previdência me disse que eu não conseguiria me aposentar desse jeito”. Outra terceirizada trabalha para a nova empresa desde agosto sem a carteira assinada porque ainda não recebeu a multa referente a demissão sem justa causa e a senha que deveria ter sido emitida pela Unirio para que ela sacasse o FGTS ainda não está disponível.

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Cartão Social (Cartão Cidadão) para Saques de FGTS e PIS

                                 


 
 
Para quem perdeu ou ainda não tem o Cartão-Cidadão, a Caixa disponibiliza o telefone 0800-726-0207, opção 5 e opção 3. Tenha em mão do nº do PIS, CPF e endereço com CEP. Funcionou para mim.

O lance é que ele não será enviado via postal. Você terá que buscá-lo em uma Agência da Caixa. Pense antes onde será melhor, ou a viagem será longa!
 
Se o "sistema fora do ar", nada que umas três ligações não resolva.
 
 
 

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

THE GREEN LEAVES OF SUMMER - THE BROTHERS FOUR



Esta canção é maravilhosa.

Há tempo para todo o propósito debaixo do sol, disse o Pregador (Eclesiastes 3. Recomendo a leitura).

Voltando à canção, obviamente não a descobri em "O Álamo"...

Ex-Noveleira, lembro-me dela na novela "Estúpido Cupido"... Sim, na época em que novelas eram divertimento familiar... Ouvia, depois, na casa da minha Avó, naquele toca-disco basicão.

A versão abaixo é a da novela. Para uma mais atual, clique: https://www.youtube.com/watch?v=I6ryBrtQtgM

 



quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Quer saber se algum site está fora do ar?

 
 
 
A cada dia me impressiono mais com a rede mundial de computadores.
 
Veja este:
 
" O site que deseja acessar está fora do ar? Faça o teste através de nossa ferramenta para descobrir e testar se algum site está fora do ar ou não, tudo em tempo real. Caso o site esteja fora do ar apenas para você, lhe mostraremos maneiras de corrigir sua conexão para que o site que deseja acessar fique no ar novamente."
 
 
 


sexta-feira, 13 de setembro de 2013

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

O estilo das 6 principais bancas de concursos públicos

bem oportuno...



Confira o perfil das 6 grandes bancas examinadoras de concursos públicos: Fundação Carlos Chagas, Cesgranrio, Cespe, FGV, Vunesp e Esaf.
 
Professores e especialistas em concursos públicos são unânimes em afirmar que conhecer as particularidades da banca examinadora conta pontos a favor dos concurseiros.
 
“O candidato que conhecer o estilo da banca, suas exigências e nível de dificuldade, estará mais preparado para a prova, fugindo de erros e surpresas”, diz Pedro Moura, presidente do Grupo Nova, especializado em material didático para concursos.
 
Pensando nisso Exame.com foi investigar o perfil das seis principais bancas examinadoras. Confira as características mais marcantes de cada uma delas e as dicas para se dar bem na suas seleções para a carreira pública:
 
1) Fundação Carlos Chagas (FCC)
 
Realiza concursos federais, estaduais e também municipais. As questões geralmente são bastante objetivas, e mesmo que sejam extensas, não têm muito mistério, segundo Isis Cordiola Agostin, revisora do grupo Nova.
 
Candidatos devem ficar atentos com as provas deportuguês e de direito que são bem equilibradas e exigem um grau de análise e conhecimento literal às leis. “Em Direito, a FCC cobra bastante letra da lei em questões que podem apresentar casos”, diz ela.
 
Geralmente nenhum item do edital é deixado de fora da prova. A apresentação das questões é objetiva. Uma “pegadinha” que pode atrapalhar os concurseiros mais desatentos está nos enunciados das questões de múltipla escolha. “Eles costumam pedir para o candidato assinalar a alternativa incorreta, e acabam pegando muita gente nesse detalhe”, diz Isis.
 
Dica: Decore leis e treine bastante a escrita de redações. “É interessante o candidato praticar com provas anteriores porque a forma da questão geralmente é a mesma, não muda muito de um concurso para outro”, indica Isis.
 
2) Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe)
 
É, de longe, a mais temida pelos concurseiros. Realiza concursos do Banco do Brasil e é a banca examinadora do concurso de analista e técnico do Banco Central, que está com inscrições abertas.
 
“As questões são multidisciplinares e complexas”, diz Isis. A prova de português geralmente é bastante longa e cansativa, segundo ela.
 
O Cespe aposta em questões em que é preciso assinalar certo e errado nos enunciados e isso pede atenção redobrada dos candidatos. Isso porque a banca anula a questão inteira se o concurseiro errar apenas parte da resposta. “Por isso, é melhor evitar chutes porque há risco de diminuir os pontos”, diz a revisora do Grupo Nova.
 
Além disso, os concurseiros devem estar afiados em atualidades. “O Cespe cobra muita jurisprudência, ele querem que o candidato esteja sempre muito atualizado”, diz ela.
 
Dica: Pratique a leitura rápida e concentrada para não perder muito tempo de prova lendo enunciados.
 
 “Isso só é possível com muito treino”, lembra Isis. Aposte em simulados com perguntas de alternativas.
 
3) Cesgranrio
 
Costuma realizar os concursos da Petrobras, de bancos, do IBGE e atualmente está fazendo a seleção da Liquigás.
 
O nível de cobrança é médio e é conhecida como uma banca metódica com provas separadas por matérias. “As questões são parecidas com as da Fundação Carlos Chagas, com a cobrança de texto de lei e enunciados não tão complexos quanto os do Cespe”, diz Isis.
 
Aposta e gráficos e imagens nas questões de atualidades, raciocínio e de interpretação.
 
“A prova de inglês é considerada difícil, e o candidato deve ficar atento às questões de interpretação de texto”, diz Isis.
 
Dica: Pratique com provas de concursos anteriores, a banca costuma cobrar questões antigas.
 
4) Fundação Getúlio Vargas (FGV)
 
Faz concursos de câmaras municipais, da Polícia Civil do Rio de Janeiro e secretarias. É a banca responsável pela prova da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).
 
“É uma banca imprevisível, não tem padrão, munda muito de uma prova para outra”, diz Isis. Mas, ela destaca algumas características que são mais frequentes. “Traz texto longos para interpretação de texto e gramática. Na parte de direito tem cobrado casos práticos e, questões multidisciplinares envolvendo também texto de lei”, diz Isis.
 
Dica: Estude bastante o edital, não deixe nenhum item de fora. “Pode cobrar até nota de rodapé”, diz Isis. Preste atenção às bibliografias exigidas porque elas são cobradas também. Aposte em exercícios variados.
 
5) Vunesp
 
Responsável pelos concursos da Polícia Civil paulista, tribunais de justiça, Cetesb, prefeituras paulistas, entre outros. Em setembro, os candidatos do concurso do Detran vão realizar provas elaboradas pela Vunesp.
 
“A prova de português costuma ser bastante elementar, cobra bastante gramática, mas pode ser que uma ou outra questão seja mais complexa. Em Direito o candidato deve conhecer bem o texto da lei”, diz Isis.
 
Segundo ela, os concurseiros devem ficar atentos já que o perfil da Vunesp tende a mudar. “Ainda é uma prova tranquila, mas estão querendo complicar um pouco”, diz.
 
Dica: Aposte no texto de lei e no estudo de gramática e resolva provas anteriores para perceber melhor o estilo das questões.
 
6) Esaf
 
Também costuma deixar os concurseiros de cabelo em pé. Faz concursos da Fazenda e Tesouro Nacional. “É uma banca polêmica que traz temas em que não há consenso entre os doutrinadores.
 
Diante disso, seus concursos acabam tendo volume de recursos o que pode até atrasar o andamento da seleção”, destaca Isis.
 
As questões são bem elaboradas e complexas, com estudo de casos em direito e cobrança da letra de lei. “Candidato tem que estar bastante preparado, porque o grau de dificuldade é de médio para alto”, diz.
 
Dica: Como a banca não costuma cobrar todos os itens do edital, fazer provas de concursos anteriores é uma boa maneira de direcionar seus estudos para os conteúdos que aparecem mais frequentemente, de acordo com Isis.

Fonte: Exame

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

SINDISERVIÇOS - DF: Trabalhadores Terceirizados, a Bancada de Empresários no Congresso Nacional Quer Acabar com Seu Emprego

 
 
 
Por Imprensa Sindiserviços-DF
 
 
O Sindiserviços-DF via a CUT/Contracs e demais centrais sindicais convocam toda a classe trabalhadora do Distrito Federal e do Brasil para barrar o avanço no Congresso Nacional do PL 4330/2004, de autoria do deputado empresário Sandro Mabel (PMDB-GO), que joga os diretos e as conquistas dos trabalhadores terceirizados no lixo e rasga a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).
 
Nesta terça-feira (13), a partir das 9 horas, vamos intensificar nossa mobilização no Congresso Nacional para pressionar deputados a não aprovar o criminoso PL 4330 e seu Substitutivo de autoria do deputado baiano Arthur Maia (PMDB).
 
Existe a possibilidade do Substitutivo ser votado no dia seguinte, 14, pelos 66 parlamentares que compõem a Comissão de Constituição Justiça e Cidadania (CCJC).
 
O Substitutivo tenta malandramente disfarçar o PL 4330, mas não passa de traição covarde e quer impor a terceirização na atividade-fim – a principal da empresa, abre a possibilidade da empresa funcionar sem nenhum trabalhador contratado diretamente, alem de fragilizar a representação sindical.
 
Ele também acaba com a responsabilidade solidária, àquela em que a tomadora de serviços fica responsável por quitar obrigações trabalhistas não cumpridas pela empresa contratada.
 
Resumindo: a bancada empresarial no Congresso Nacional e a grande maioria dos patrões não querem assinar a sua Carteira de Trabalho e cumprir com a obrigação do recolhimento do FGTS, INSS e demais responsabilidades sociais.
 
Eles querem nos escravizar novamente e intensificar a ganância pelo lucro fácil e espúrio.
 

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

CASTRO ALVES

 
 
 
Oh! Bendito o que semeia
Livros à mão cheia
E manda o povo pensar!
O livro, caindo n'alma
É germe – que faz a palma,
É chuva – que faz o mar!
 
 
 

sexta-feira, 26 de julho de 2013

São Tuas



Postado originalmente em 10/6/2010 12:47:20, no Space.


Não espero nada de ti!
Nem que me ames perdidamente...
Conformo-me, neste meu existir,
vivo por te amar somente!

São tuas as flores todas que vejo,
o perfume da noite com chuva miúda!
O pensamento olhando a doçura dos beijos
de um casal dividindo o guarda-chuva!

São tuas as aves vadias,
a lua que dorme na amplidão...
A saudade que em mim permeia,
trazida na lembrança de qualquer canção!

São tuas, sempre tuas, as belezas que 
a vida me traz...
A leveza do vento na calmaria,
em céu de toda alegria,
balançando um campo de trigais!

São tuas as crianças...
A enfeitarem de gritos toda rua!
São teus os velhos que ainda seguem
apaixonados, exemplos de amor além
sepultura...

São tuas as neves branquinhas,
que cobrem os telhados nas colinas...
As fendas no desgelo com regatos
a correrem com suas águas cristalinas!

São tuas as belezas que vejo,
do mar que leva os pescadores!
Dos penhascos que recebem os ninhos,
que abrigam o reino dos condores...

São tuas as mãos que acariciam
o ventre que leva o filho esperado!
As lágrimas incontidas daquela que abre
a porta e recebe o filho formado...

São teus os ritmos,
que inspiram as espumas dançantes...
O baile, suave e marítimo,
das ondas nas praias errantes!

Tudo de belo que vejo é teu!
Nada quero, por isto, em meu viver.
Amo-te apenas, embora tu tenhas te esquecido...
"Eu quem me esqueci de te esquecer!"


José Geraldo Martinez



Felicidade Realista

 

Postado originalmente em 24/2/2010 11:41:36, no Space.

"A princípio, bastaria ter saúde, dinheiro e amor, o que já é um pacote louvável, mas nossos desejos são ainda mais complexos. Não basta que a gente esteja sem febre: queremos, além de saúde, ser magérrimos, sarados, irresistíveis. Dinheiro? Não basta termos para pagar o aluguel, a comida e o cinema: queremos a piscina olímpica e uma temporada num spa cinco estrelas.

E quanto ao amor? Ah, o amor... não basta termos alguém com quem podemos conversar, dividir uma pizza e fazer sexo de vez em quando. Isso é pensar pequeno: queremos AMOR, todinho maiúsculo. Queremos estar visceralmente apaixonados, queremos ser surpreendidos por declarações e presentes inesperados, queremos jantar à luz de velas de segunda a domingo, queremos sexo selvagem e diário, queremos ser felizes assim e não de outro jeito. É o que dá ver tanta televisão.

Simplesmente esquecemos de tentar ser felizes de uma forma mais realista. Ter um parceiro constante, pode ou não, ser sinônimo de felicidade. Você pode ser feliz solteiro, feliz com uns romances ocasionais, feliz com um parceiro, feliz sem nenhum. Não existe amor minúsculo, principalmente quando se trata de amor-próprio.

Dinheiro é uma benção. Quem tem, precisa aproveitá-lo, gastá-lo, usufruí-lo. Não perder tempo juntando, juntando, juntando. Apenas o suficiente para se sentir seguro, mas não aprisionado. E se a gente tem pouco, é com este pouco que vai tentar segurar a onda, buscando coisas que saiam de graça, como um pouco de humor, um pouco de fé e um pouco de criatividade.

Ser feliz de uma forma realista é fazer o possível e aceitar o improvável. Fazer exercícios sem almejar passarelas, trabalhar sem almejar o estrelato, amar sem almejar o eterno. Olhe para o relógio: hora de acordar. É importante pensar-se ao extremo, buscar lá dentro o que nos mobiliza, instiga e conduz mas sem exigir-se desumanamente.

A vida não é um jogo onde só quem testa seus limites é que leva o prêmio. Não sejamos vítimas ingênuas desta tal competitividade. Se a meta está alta demais, reduza-a. Se você não está de acordo com as regras, demita-se. Invente seu próprio jogo. Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça de que a felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade. Ela transmite paz e não sentimentos fortes, que nos atormenta e provoca inquietude no nosso coração. Isso pode ser alegria, paixão, entusiasmo, mas não felicidade..."

Mário Quintana

quinta-feira, 25 de julho de 2013

PENSAMENTO




***

Penso, penso

E, de tão penso,

Quase caio em mim.

Oro, oro,

Ora, a hora

Passa sem chegar.

Chamo, chamo

E acende a chama

Que me faz pensar.

Paulo Breno

***


A FOME DO PRIMEIRO GRITO




Se te pareço noturna e imperfeita
Olha-me de novo. Porque esta noite
Olhei-me a mim, como se tu me olhasses.
E era como se a água desejasse.

Escapar de sua casa que é o rio
E deslizando apenas, nem tocar a margem.
Te olhei. E há um tempo.

Entendo que sou terra.
Há tanto tempo
Espero
Que o teu corpo de água mais fraterno
Se estenda sobre o meu. Pastor e nauta

Olha-me de novo. Com menos altivez
e mais atento.

Hilda Hilst


quarta-feira, 24 de julho de 2013

Para que serve uma relação?



Postado em 9/7/2010 14:28:00, ainda no Space.
- -
    Como disse anteriormente, estes textos sobre relacionamentos não pretendem esgotar o assunto, mas, sem dúvida alguma, são importantes para nos fazer pensar se temos algo a aprender ou a relembrar.

    Gostei da referência à simplicidade do cotidiano, pois serve para abstrair a imagem de que viver um relacionamento, qualquer que seja ele, é fácil. Nunca foi, não é e aqui neste mundo, jamais será! "Simples" assim!

   É um exercício de zelo, paciência, partilha e respeito que convergem para o AMOR, e tudo de forma NATURAL, sabendo-se o porquê das ações e concessões. Detalhe: quando falo em naturalidade quero dizer algo não-sacrificial, algo que sabemos ser necessário para conduzir o processo e que não deveria, em tese, nos fazer sofrer.

   Dois "poréns": 1) não dá para fazer tudo isso se não houver um mínimo de contrapartida e 2) nem todos estão aptos a receber o que temos a dar.

   Boa leitura!

   Magda
- -
"Uma relação tem que servir para tornar a vida dos dois mais fácil".

Vou dar continuidade a esta afirmação porque o assunto é bom, e merece ser desenvolvido.

Algumas pessoas mantém relações para se sentirem integradas na sociedade, para provarem a si mesmas que são capazes de ser amadas, para evitar a solidão, por dinheiro ou por preguiça. Todos fadados à frustração. Uma armadilha.

Uma relação tem que servir para você se sentir 100% à vontade com outra pessoa, à vontade para concordar com ela e discordar dela, para ter sexo sem não-me-toques ou para cair no sono logo após o jantar, pregado.

Uma relação tem que servir para você ter com quem ir ao cinema de mãos dadas, para ter alguém que instale o som novo, enquanto você prepara uma omelete, para ter alguém com quem viajar para um país distante, para ter alguém com quem ficar em silêncio, sem que nenhum dos dois se incomode com isso.

Uma relação tem que servir para, às vezes, estimular você a se produzir, e, quase sempre, estimular você a ser do jeito que é, de cara lavada uma pessoa bonita a seu modo.

Uma relação tem que servir para um e outro se sentirem amparados nas suas inquietações, para ensinar a confiar, a respeitar as diferenças que há entre as pessoas, e deve servir para fazer os dois se divertirem demais, mesmo em casa, principalmente em casa.

Uma relação tem que servir para cobrir as despesas um do outro num momento de aperto, e cobrir as dores um do outro num momento de melancolia, e cobrirem o corpo um do outro, quando o cobertor cair.

Uma relação tem que servir para um acompanhar o outro no médico, para um perdoar as fraquezas do outro, para um abrir a garrafa de vinho e para o outro abrir o jogo, e para os dois abrirem-se para o mundo, cientes de que o mundo não se resume aos dois.

Dr. Drauzio Varela

Imagem: Adão e Eva, por William Blake (Londres, 28 de novembro de 1757 — Londres, 12 de agosto de 1827).Poeta, pintor inglês, sendo sua pintura definida como pintura fantástica, e tipógrafo.

Martha Medeiros (Gerações?)



Minha
bisavó
reclamava
que minha avó
era muito tímida.
minha
avó
pressionou minha mãe
a ser menos cética.
minha
mãe
me educou
para ser bem lúcida
e, eu espero que
minhas
filhas
fujam desse cárcere
que é passar a vida
transferindo
dívidas.

(Martha Medeiros)


Com verso e sem Prosa

Poemeto postado em 4/12/2009 8:09:26, ainda no Space.

* * *
 
Maria Antonieta, fez o seu deboche
A quem não tem pão sugerindo brioche
Foi tanta a desfeita que foi sua sina
Perder a cabeça na guilhotina

 
Dos tempos de outrora aos dias de agora
Pouca coisa muda, não é, seu Arruda?
Mas se tem panetone, que a gente adora
Vem no embrulho da Caixa de Pandora.
(Paulo Breno)


* * *